• Pr. Henrique Lino da Silva

Entrada pela fé

“Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo; pelo qual também temos entrada pela fé a esta graça, na qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança da glória de Deus.” (Romanos 5:1-2)

Nós antes estávamos mortos em nossos pecados, estávamos enfermos, e a nossa enfermidade não tinha cura, ela veio através de Jesus Cristo, o Filho de Deus. Portanto, sabemos que Cristo nos resgatou, nos justificou, por isto temos paz com Deus, e essa paz nós a demonstramos diante de qualquer situação adversa que surgir, pois, por conhecermos o Senhor, sabemos o final. Por isso devemos estar firmes no Senhor, crendo, sabendo que a sua Promessa é real e que se realizará em nossas vidas, se estivermos vivendo segundo a sua vontade. Tendo esse conhecimento, então desfrutaremos de paz, de alegrias, porque não existem homens e mulheres de Deus, verdadeiros servos do Senhor que andem em tristezas, que vivam cabisbaixos, porque, por eles conhecerem o Senhor, vivem em constante alegria, uma vez que olham para o futuro e não para o presente. Assim, o que acontece aqui não é importante. A alegria é um sinal dos cristãos, digo alegria em todos os tempos e situações, porque, se passamos por problemas de saúde ou financeiro, familiar, em qualquer área, passamos por eles alegres, uma vez que sabemos que temos um Pai que está cuidando de nós. Não nos preocupamos com o que está acontecendo aqui, porque temos consciência de que aqui estamos somente de passagem, sabemos que aqui é somente o lugar da nossa peregrinação. Temos consciência de que o nosso Mestre sofreu muito mais por nós, por isto enfrentamos todos os sofrimentos que surgirem com alegria, porque queremos ser dignos de sofrer pelo Evangelho, queremos seguir os passos do nosso Mestre. “E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, e a paciência a experiência, e a experiência a esperança.” (Romanos 5:3-4). Portanto, nós nos alegramos com as lutas, com as dificuldades, porque somos seguidores de Jesus e sabemos que as lutas e os sofrimentos nos dão paciência e experiência para que possamos enfrentar outros, e também podemos orientar outras pessoas que estiverem passando por algo semelhante. As experiências pelas quais passamos servem para podermos ajudar outras pessoas a perseverar em viver de acordo com a Palavra de Deus. “E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.” (Romanos 5:5). A nossa esperança é em Cristo, porque esperamos ansiosamente pelo dia em que iremos nos encontrar com Ele, quando então iremos desfrutar da sua companhia e do eterno descanso. Portanto, pela fé vivemos, porque é por ela que temos esperança de alcançar a salvação, a Promessa do Senhor, e por ter essa esperança nos obrigamos a viver segundo o Evangelho, nos obrigamos a obedecer ao Senhor e a romper com o mundo. Essa esperança não nos traz dúvidas ou confusão, porque o amor de Deus conhecemos, uma vez que sabemos que Ele, por nos amar, enviou o seu Filho único para que pudéssemos ser salvos, portanto, sabemos que o desejo do Senhor é de que tenhamos vida Nele. Quando vemos pessoas confusas, falando sobre muitas coisas, mas tendo dúvidas ou medo em relação à salvação, ou quando estão ligadas às coisas do mundo, a bens materiais ou a prazeres do mundo, sabemos que elas não conhecem o Senhor. Quem conhece o Senhor não tem dúvidas, pois tem fé, tem esperança e sabe que a Promessa se cumprirá. “Porque Cristo, estando nós ainda fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios. Porque apenas alguém morrerá por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém ouse morrer.” (Romanos 5:6-7). Sabemos que Cristo veio e sofreu todos os tipos de humilhações e dores por nossa causa, sofreu todos os tipos de acusações, e, após ser espancado, foi crucificado e se entregou por nós, submetendo-se à morte para que nós não tivéssemos que morrer. Jesus veio e sofreu tudo isto por nós, quando estávamos cheios de pecados e não tínhamos como nos livrar deles se não fosse pelo Senhor. Portanto, se Cristo veio e se submeteu a tudo isso por nossa causa quando estávamos cheios de pecados, então temos a certeza de que agora, se o buscarmos, se nos submetermos a Ele, com certeza seremos salvos. Assim a nossa esperança não é em vão, temos onde nos firmar, a nossa fé não é tola, é real, e sabemos que devemos perseverar, porque a vida está adiante de nós. Morrer, sacrificar-se por alguém que é bom é mais fácil, mas aceitar sofrer por um bando de pecadores, de rebeldes, somente Cristo poderia fazer isso, e por causa do seu imenso amor. Assim, temos que caminhar alegres Nele, pois sabemos que a nossa luta, a nossa caminhada não é em vão. “Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores. Logo muito mais agora, tendo sido justificados pelo seu Sangue, seremos por Ele salvos da ira.” (Romanos 5:8-9) Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe. Um abraço, Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Palavra

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram