• Pr. Henrique Lino da Silva

E OS DONS ESPIRITUAIS


“Segui o amor, e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar. Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios.” (1 Coríntios 14:1-2)

O maior dom é o dom do Amor, apesar de ser desconhecido e pouco praticado pelos que se dizem crentes, evangélicos, porque desconhecem o amor. O amor não é o que as pessoas dizem sentir, que é carnal, destruidor e que vem de baixo, falamos do Amor verdadeiro, que é do alto, do Amor que é o próprio Deus. O amor é o que exorta, que impele as pessoas a viverem em conformidade com o Evangelho, com o mandamento de Jesus Cristo, pois é a única maneira de as pessoas conseguirem a salvação, porque quem coloca em prática o amor com certeza já superou todos os obstáculos. Já as profecias são o dom em que as pessoas são usadas por Deus para revelar, para falar, exortar, aconselhar de acordo com a Palavra de Deus, porque em parte profetizamos, e em parte conhecemos, assim o profeta fala, revela de maneira consciente e não de maneira inconsciente. O profeta fala do futuro, do que vai acontecer, e não de fatos acontecidos, mesmo porque o que aconteceu é passado, e não temos condições de mudar o passado, e assim Deus não está falando do acontecido, mas da maneira como devemos nos portar e de fatos que acontecerão no futuro. Profetizar é ser boca de Deus, é falar somente o que Deus confirma pela sua Palavra, não existem profecias do Senhor que possam contradizer a sua Palavra. Os que falam em línguas não devem fazer uso de maneira abusiva ou de qualquer maneira, pois o falar em línguas estranhas é falar com Deus e não com ou para as pessoas, porque existe o falar em línguas estrangeiras, porém conhecidas, em que o Senhor usa alguém para falar com uma ou mais pessoas em seu próprio idioma, e pode ser usada uma pessoa analfabeta, e nem ela mesma sabe o que está dizendo, mas as pessoas às quais as palavras estão dirigidas entendem perfeitamente, mesmo porque escutam em suas línguas maternas. Mas o falar em línguas estranhas, que não é um idioma conhecido, deve ser feito com cautela, principalmente quando se está só com o Senhor, porque não podemos em hipótese alguma falar em línguas se não existir um intérprete, pois é confusão, e a maioria das pessoas não sabe discernir se realmente é uma língua do Senhor ou um repeteco, ou língua do diabo.

“Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação. O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja.” (1 Coríntios 14:3-4). O profeta ou profetisa do Senhor fala sempre de acordo com o Evangelho de Jesus Cristo, e fala de maneira clara e direta, e não precisa ficar usando uma linguagem antiga, ou uma terminologia já há muito superada. Mas, ao contrário, fala de maneira normal, porque a Palavra de Deus se renova, e o Senhor é atual, e não ultrapassado, portanto, essa conversa de varão, varoa, eis que não tem nenhuma base bíblica, digo isso porque temos que tomar muito cuidado com os falsos profetas que lotam os templos dizendo ser do Senhor, mas que na verdade são carnais ou demoníacos. Também não há necessidade ou não é possível alguém que se diz profeta, profetisa ficar falando em línguas ao mesmo tempo que vem dizer que Deus está revelando algo, mesmo porque, quando falamos em línguas, não entendemos o que falamos, e se é Deus quem está falando, então não somos nós que precisamos falar em línguas. Geralmente esse expediente é usado por pessoas que querem demonstrar uma espiritualidade que não têm, porque, quando estamos falando em línguas, estamos falando com Deus, mas nós mesmos nada entendemos do que falamos, e o falar em línguas falamos em particular, e para falar em público tem que haver um intérprete, por isso, quando vemos alguém falando ou cantando em línguas nos púlpitos, mas sem um intérprete, sabemos que está tudo errado. “E eu quero que todos vós faleis em línguas, mas muito mais que profetizeis; porque o que profetiza é maior do que o que fala em línguas, a não ser que também interprete para que a igreja receba edificação.” (1 Coríntios 14:5). O profeta é superior aos que falam em línguas, porque o falar em línguas é algo individual e não serve para edificar a igreja, é simplesmente uma maneira de orar diretamente falando com o Pai, em que o Pai sabe o que estamos falando, mas nós mesmos nada sabemos. Mas o profeta fala para as pessoas exortando, consolando, edificando, mostrando os erros que estão cometendo e mostrando, se agirem de acordo com a vontade de Deus, o que receberão, assim como em desobediência o castigo ou retardo, ou perdas de bênçãos. Mas devemos ficar vigilantes, pois muitos são os que se dizem profetas, mas não falam da parte do Senhor, falam de si próprios ou do inferno. Todo o tempo devemos analisar se é do Senhor ou não, e isto só é possível com conhecimento bíblico, portanto, sempre aconselhamos as pessoas a lerem e meditarem, pesquisarem na Bíblia. “E agora, irmãos, se eu for ter convosco falando em línguas, que vos aproveitaria, se não vos falasse ou por meio da revelação, ou da ciência, ou da profecia, ou da doutrina? Da mesma sorte, se as coisas inanimadas, que fazem som, seja flauta, seja cítara, não formarem sons distintos, como se conhecerá o que se toca com a flauta ou com a cítara? Porque, se a trombeta der sonido incerto, quem se preparará para a batalha? Assim também vós, se com a língua não pronunciardes palavras bem inteligíveis, como se entenderá o que se diz? porque estareis como que falando ao ar. Há, por exemplo, tanta espécie de vozes no mundo, e nenhuma delas é sem significação. Mas, se eu ignorar o sentido da voz, serei bárbaro para aquele a quem falo, e o que fala será bárbaro para mim.”(1 Coríntios 14-6-11).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

©2020 por Ministério Atalaia do Evangelho de Deus.

Siga-nos nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram