• Pr. Henrique Lino da Silva

Apostasia



“Mas o Espírito expressamente diz que em tempos posteriores alguns apostatarão da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios. ” (1 Timóteo 4;1)

Deus, através do seu Espírito, há mais de dois mil anos, já estava nos alertando sobre as apostasias que vivemos hoje e vemos cada vez mais aumentar. Observamos que banalizaram a Palavra de Deus, e procuram usá-la de acordo com as suas conveniências; assistimos às denominações e àqueles que deveriam ensinar a Sã doutrina ensinarem contra o Senhor. Existe um movimento chamado pentecostal, e quando vemos a maneira como manifestam a sua fé, como demonstram o amor deles ao Senhor, sabemos que estão enganados, sendo enganados e enganando muitos. Quando assistimos a algumas reuniões deles, nos deparamos com movimentos, ações, músicas semelhantes às das religiões afro. Infelizmente, por causa do sincretismo religioso, são muitas as denominações que têm costumes semelhantes aos das religiões afro, semelhantes a movimentos espíritas. Infelizmente, como as pessoas buscam uma satisfação carnal, encontram nessas religiões um alento, para os seus desejos, porque, apesar de se identificarem como evangélicos, são na verdade apóstatas, pois não creem no Senhor como deveriam, e sim em toda a baboseira que é apregoada por esses lobos, para os quais a maioria de suas preocupações é com a lã das ovelhas. Querem arrecadar e por isto fazem o que o povo quer, e não o que o Senhor deseja e manda. Existem certos movimentos que, quando vemos algumas pessoas participarem deles, se percebe claramente que são espíritos demoníacos, são ações diabólicas, porque vemos as pessoas se entortarem, se contorcerem, sem controle. Nós as ouvimos gritar, rolar pelo chão, elas caem, viram os olhos e querem creditar isso ao Espírito do Senhor. Mas elas esqueceram que um dos frutos do Espírito é domínio próprio, e nesses casos é o que inexiste. As pessoas estão dando ouvidos a doutrinas de demônios, estão concordando com o que o Senhor condena, isto porque são carnais, não buscam vida eterna, buscam satisfação imediata e temporária, são como as pessoas em Israel antigamente que falavam que amavam Deus, mas ofereciam sacrifícios a todos os outros deuses imagináveis e pagãos. Encontramos hoje nos púlpitos dos templos palhaços que estão ali para alegrar e divertir as pessoas; encontramos especialistas em autoajuda e muitos barganhadores, só não encontramos homens de Deus.

“Pela hipocrisia de homens que falam mentiras e têm a sua própria consciência cauterizada, proibindo o casamento, e ordenando a abstinência de alimentos que Deus criou para serem recebidos com ações de graças pelos que são fiéis e que conhecem bem a verdade.” (1 Timóteo 4:2-3). Hoje são muitos os que se declaram coachs evangélicos, palestrantes, mas eles são especialistas em enganarem o povo, são homens que têm a função de atraírem pessoas a elas, aos seus templos e eventos, têm como objetivo final arrecadar cada vez mais recursos para esbanjar, para gastar nos seus prazeres. São pregadores mentirosos, enganadores, pois falam e prometem o que o Senhor nunca prometeu, são homens que, no afã de agradar e não perder nenhum membro, que, na verdade, são as suas mercadorias, eles concordam, aceitam e incentivam o divórcio e o recasamento, e só com esse ato conduzem milhares ao sofrimento e morte eterna. Outros tentam fazer as pessoas crerem que só por levantarem as mãos e falarem que aceitam Jesus como seu Salvador, que por receberem oração já estão salvas, não perderão mais a salvação, assim também milhares são conduzidos ao sofrimento eterno. Outros são criadores de campanhas e jejuns estranhos e contrários à Palavra de Deus, os que ensinam sobre deixar de comer carne e comer somente legumes, como se fosse jejum bíblico, mas não existe isso biblicamente falando, isso é regime, e não jejum. “Pois todas as coisas criadas por Deus são boas, e nada deve ser rejeitado se é recebido com ações de graças; porque pela Palavra de Deus e pela oração são santificadas.” (1 Timóteo 4:4-5). Outras religiões ou seitas proíbem comer carne de porco, ou de outros tipos, como não comer carne em semana santa, ou na sexta-feira santa, como guardar este ou aquele dia, como se ordenança do Senhor fosse, mas não percebem que isso são meramente rituais que para nada servem, a não ser para afastá-los do Senhor. “Propondo estas coisas aos irmãos, serás bom ministro de Cristo Jesus, nutrido pelas palavras da fé e da boa doutrina que tens seguido; mas rejeita as fábulas profanas e de velhas. Exercita-te a ti mesmo na piedade.” (1 Timoteo 4:6-7).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo