• Pr. Henrique Lino da Silva

AJUNTAMENTO DE MILHARES


“Ajuntando-se, entretanto, muitos milhares de pessoas, de sorte que se atropelavam uns aos outros, começou a dizer aos seus discípulos: Acautelai-vos primeiramente do fermento dos fariseus, que é a hipocrisia.” (Lucas 12:1)

          Jesus, observando aquela grande multidão que procurava estar onde Ele estava, que queria supostamente ouvir o que Ele tinha para ensinar, traz um ensinamento que devemos aplicar nos dias de hoje com muito mais intensidade do que naquela época. Isto porque vemos templos, igrejas denominacionais, pregadores serem seguidos e admirados, vemos multidões acompanharem determinados pregadores na esperança de obterem uma bênção. Basta observarmos que os pregadores de cura e prosperidade conseguem atrair multidões, mas não que essas pessoas estejam buscando Jesus, não que elas estejam interessadas no Evangelho, elas querem somente a bênção. Portanto, elas se disfarçam de crentes, de seguidores de Jesus. São hipócritas, porque pronunciam o Nome do Senhor, que é Santo para sempre Amém, somente com o objetivo de receber a sua bênção. Elas não conhecem o Evangelho, não conhecem Jesus e não pensam em abandonar os seus velhos hábitos, suas rebeldias e pecados, querem somente receber uma bênção. E como muitos pregadores espertalhões descobriram esse filão, agora fazem questão de chamar o povo para os seus templos, seus ajuntamentos oferecendo-lhes tarde de cura, milagres urgentes, campanhas de prosperidade, fogueiras santas, enfim, várias campanhas diversas que trabalham essencialmente com o emocional das pessoas, mas não pregam o Evangelho e não ensinam a Verdade Bíblica. “Mas nada há encoberto que não haja de ser descoberto; nem oculto, que não haja de ser sabido.” (Lucas 12:2). Jesus, conhecendo tudo, Ele manda que tomemos cuidado com o fermento dos fariseus, manda ficarmos em alerta, deixarmos de ser hipócritas como esses religiosos que falam uma coisa, mas fazem e pensam outra, porque muitos que aparentam ser religiosos na verdade são somente isto: religiosos e hipócritas, porque não praticam a Palavra de Deus. O Senhor nos alerta que nada ficará escondido, que tudo no tempo e no momento certo será revelado, será mostrado a todos. Assim, os hipócritas, os falsos cristãos não demorarão a mostrar a sua verdadeira face, e então conheceremos quem realmente eles são, porque devemos ser seguidores de Jesus e viver como Ele mandou.

 “Porquanto tudo o que em trevas dissestes, à luz será ouvido; e o que falastes ao ouvido no gabinete, sobre os telhados será apregoado.” (Lucas 12:3). Tudo o que falarmos e planejarmos às ocultas, tudo o que estivermos pensando está claro para o Senhor, e seremos julgados como se estivéssemos praticando. Assim, se somos sábios, inteligentes, devemos viver em concordância com o Senhor, conhecê-lo e saber que nada poderemos ou conseguiremos esconder Dele. Assim, não podemos ser hipócritas e tentar demonstrar uma coisa que não somos, não adianta demonstrarmos uma santidade que não vivemos, que não praticamos, no intuito de enganar o Senhor e assim receber uma bênção. Podemos até mesmo receber uma bênção, um milagre que servirá para nossa própria condenação, pois o Senhor, conhecendo o nosso interior, nossos pensamentos, permite isso, para que padeçamos por toda a eternidade. Nada ficará oculto, nada ficará escondido, tudo é revelado, a Luz vem e mostra tudo o que está nas trevas. A hipocrisia, a falsidade e a mentira serão mostradas, e então, mesmo que tenham recebido um milagre, uma bênção, irão padecer por toda a eternidade. Mesmo que o Senhor tenha nos usado para abençoar as pessoas, iremos padecer para sempre.“E digo-vos, amigos meus: Não temais os que matam o corpo e, depois, não têm mais que fazer.” (Lucas 12:4). Não podemos nos omitir por qualquer que seja o motivo, não podemos temer nada a não ser o Senhor, não podemos ficar com medo de não atrair pessoas para os nossos templos, ou de não os levar ao nosso ajuntamento, porque quem tudo comanda é o Senhor, e as pessoas devem vir a nós em busca de Jesus, do Evangelho, e para isto devemos pregar e ensinar somente o Evangelho de Jesus Cristo. Não precisamos e não devemos confiar ou depender das pessoas, porque quem nos mantém, quem mantém os templos é o Senhor, se estivermos fazendo a sua vontade; assim, não preocupemos se o nosso Evangelho ofende, magoa, rasga e fere, porque é esse o Evangelho de Jesus Cristo. Não podemos nos preocupar em agradar pessoas nem encher templos, temos que agradar a Deus e povoar o céu. O máximo que alguém consegue é nos ferir, nos matar, mas, se estivermos vivendo de acordo com o Evangelho, sabemos para onde estamos indo, e o Senhor pode não somente nos matar como ainda lançar a nossa alma no inferno. “Mas eu vos mostrarei a quem deveis temer; temei aquele que, depois de matar, tem poder para lançar no inferno; sim, vos digo, a esse temei. Não se vendem cinco passarinhos por dois ceitis? E nenhum deles está esquecido diante de Deus. E até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados. Não temais pois; mais valeis vós do que muitos passarinhos. E digo-vos que todo aquele que me confessar diante dos homens também o Filho do homem o confessará diante dos anjos de Deus. Mas quem me negar diante dos homens será negado diante dos anjos de Deus. E a todo aquele que disser uma palavra contra o Filho do homem ser-lhe-á perdoada, mas ao que blasfemar contra o Espírito Santo não lhe será perdoado. e, quando vos conduzirem às sinagogas, aos magistrados e potestades, não estejais solícitos de como ou do que haveis de responder, nem do que haveis de dizer. Porque na mesma hora vos ensinará o Espírito Santo o que vos convenha falar.” (Lucas 12-5-12).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo