• Pr. Henrique Lino da Silva

Zelo



“Oxalá me suportásseis um pouco na minha insensatez! Sim, suportai-me ainda. Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; pois vos desposei com um só Esposo, Cristo, para vos apresentar a ele como virgem pura.” (2 Coríntios 11:1-2)

O apóstolo Paulo, falando para a igreja de Corinto, pede, clama para que eles o suportem, porque ele está com zelo, cuidado para poder apresentá-los a Cristo. O carinho, o amor e o compromisso para com a igreja que Paulo tinha hoje dificilmente encontramos em algum pastor, uma vez que, hoje, a maioria deles estão preocupados somente com números. Sabemos que é difícil para as pessoas nos aceitar, porque nos preocupamos em falar, ensinar as coisas do Reino, sempre exigimos que as pessoas vivam de acordo com o Evangelho, vivam em santidade, e não criamos distrações, como a maioria. Não tentamos agradar as pessoas, queremos agradar a Deus, e a nossa única maneira de o agradar é vivendo em obediência a sua Palavra. Mas exatamente por amarmos, por desejarmos a cada um o mesmo que desejamos a nós, e nos obrigarmos a viver em santidade, também exigimos a mesma coisa, sabemos que muitas pessoas não concordam, não aceitam, porque encontram na maioria dos templos, das denominações, pastores que pregam e ensinam um outro evangelho, que não é o Evangelho de Jesus Cristo, mas como falam, citam o Nome do Senhor (que é Santo para sempre amém), as pessoas se sentem atraídas por eles. Eles falam de coisas materiais, oferecem e prometem prosperidade, eles fazem oferecimentos que o Senhor nunca ofereceu. Eles prometem felicidade e dizem que as pessoas têm que procurar ser felizes, que o Senhor é bonzinho e não vai enviar ninguém para o inferno por causa de mentira, adultério, fornicação, ou outra coisa qualquer. E o povo quer ouvir isso, pois, a bem da verdade, carregar a cruz como Jesus determinou não parece agradável a eles, e como há espertalhões dizendo outra coisa, eles preferem acreditar nesses, pois assim se sentem melhor. Eles não entenderam que o nosso Deus é amor, mas também é Juízo, e Ele não passa a mão na cabeça de ninguém, por isto o Evangelho do Senhor não é atrativo para as pessoas que são carnais e estão preocupadas com as coisas do mundo. Nós lutamos não somente para que nós mesmos sejamos salvos, mas para que todos alcancem a salvação, por isto pregamos a Verdade e exigimos o mesmo de todos.

“Mas temo que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos entendimentos e se apartem da simplicidade e da pureza que há em Cristo.” (2 Coríntios 11:3). Paulo tinha medo de que aquelas pessoas fossem enganadas pelos falsos evangelhos, pelos falsos pregadores, assim como é hoje. Cada ovelha que eu atendo e ensino sobre o Evangelho de Jesus Cristo, fico com medo que ela seja corrompida pelo oferecimento de coisas e atrações que o mundo gospel oferece. Assim como Eva foi enganada pela serpente e a contaminação alcançou Adão e depois toda a humanidade, temos medo, porque temos exemplos de pessoas que antes estavam na presença do Senhor, mas aceitaram os ensinos heréticos, e não só eles, também levaram para os familiares e outras pessoas, e hoje vemos quão distantes estão do Senhor. Devemos sempre vigiar e entender que o nosso parâmetro é a Bíblia, se vivemos em Jesus, então vivemos no Novo Testamento. A maneira como devemos viver está já declarada, basta obedecermos. “Porque, se alguém vem e vos prega outro Jesus que nós não temos pregado, ou se recebeis outro espírito que não recebestes, ou outro evangelho que não abraçastes, de boa mente o suportais!” (2 Coríntios 11:4). Se há alguém pregando, ensinando, falando de um outro evangelho que não é o que pregamos e falamos, então devemos fugir, pois não é o Evangelho de Jesus Cristo, uma vez que não pregamos um evangelho criado por nós mesmos, e sim falamos e ensinamos o Evangelho de Jesus Cristo, que é o nosso. Não pense que aceitar algo que o Evangelho condena, que permitir aceitar o que Jesus condena não nos trará sérias consequências, porque trará sim, e com elas a morte eterna. Não se deixem enganar pelos falsos pastores, os anticristos que já há muito estão nos púlpitos, nos altares dos templos denominacionais. “Ora, julgo que em nada tenho sido inferior aos mais excelentes apóstolos. Pois ainda que seja rude na palavra, não o sou, contudo, na ciência; antes, por todos os modos, isto vos temos demonstrado em tudo.” (2 Coríntios 11:5-6).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino


19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Promessa